Eletrofisiologia e arritmia cardíaca

Instuto

J. Brugada

O Centro de Arritmias do Hospital São Francisco foi criado em conjunto com um dos maiores especialistas em arritmias do mundo, Dr. Josep Brugada, arritmologista espanhol que descobriu e dá nome à Síndrome de Brugada. O serviço está qualificado para realizar o tratamento de arritmias  das mais simples às mais complexas.

O formato do Centro Internacional de Arritmias – Instituto J. Brugada, é único no país pois, em um mesmo espaço, são oferecidas várias opções terapêuticas aos pacientes. Sejam elas por drogas (medicamentosa), por dispositivos cardíacos implantáveis (marcapasso, desfibrilador) e por Ablação por cateter (Interrupção da arritmia através de cauterização por cateteres).  Tornando possível assim, proporcionar ao paciente um suporte totalmente integrado para todas as necessidades relativas ao controle das arritmias.

A UIA é uma Unidade de internação, parte integrante do centro internacional de arritmias. Conta com um espaço com estrutura organizada para poder receber e atender pacientes 24 horas por dia, que necessitem de investigação, tratamento clínico e invasivo para as arritmias cardíacas.

Dr J. Brugada (foto) realiza procedimentos periodicamente no Instituto.

0
procedimentos realizados em 2020
0
sendo dispositivos cardíacos
0
sendo procedimentos de Eletrofisiologia Cardíaca

Atuação e

Serviços

Estudo eletrofisiológico

Procedimento minimamente invasivo com a função de para avaliar o sistema elétrico do coração, realizado através de cateteres colocados no coração para registro de toda atividade elétrica existente.

Mapeamento tridimensional eletroanatômico (Carto, Ensite Velocity)

Sistema recente de tecnologia que permite reconstruir através de cateteres de eletrofisiologia as cavidades do coração em 3 dimensões para sua manipulação.

Implante de dispositivos cardíacos

Marcapassos, Cardiodesfibriladores, Ressincronizadores e Monitores de Eventos Cardíacos (looper implantável).

Ablação por radiofrequência

Procedimento terapêutico que elimina arritmia através do cateter posicionado próximo ao foco arritmogênico.

Ablação de fibrilação atrial

Alternativa eficaz para o tratamento da Fibrilação Atrial, uma das mais comuns tratadas pelos cardiologistas.

Cardiodesfibrilador (CDI)

Dispositivo que controla e monitoriza o ritmo cardíaco do coração detectando qualquer ritmo cardíaco rápido (arritmia) potencialmente mortal.

Crioablação

Procedimento terapêutico utilizado para tratamento de arritmias supraventriculares complexas (taquicardia atrial, flutter atrial, fibrilação atrial, WPW) e taquicardias ventriculares.

Cardioversão elétrica

Procedimento com o objetivo de finalizar as arritmias cardíacas rápidas e estabelecer o ritmo normal do coração.

Tratamento elétrico da insuficiência cardíaca, implante de dispositivo para ressincronização cardíaca

Dispositivo que monitoriza o ritmo cardíaco do coração, corrigindo a alteração elétrica existente que está causando a insuficiência cardíaca, melhorando a mortalidade e os sintomas.

Equipe

Médica

Coordenador do serviço

Dr. Carlos Kalil

CRM 17573 - RS | RQE 10798 | RQE 27399

Mestre e Doutor em Cardiologia, com especialização em Cardiologia, Estimulação Cardíaca e Eletrofisiologia. Coordenador técnico do Centro Internacional de Arritmias – Instituto J. Brugada. Coordenador do Programa de Educação Continuada da Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas.