Conheça os 7 inimigos da saúde do seu coração

inimigos da saúde do seu coraçao

Você está cuidando do seu coração? Segundo a Organização Mundial de Saúde, mais de 80% das mortes por doenças cardiovasculares poderiam ser evitadas com mudanças de comportamento. Isso significa que nossos hábitos são fatores essenciais para a prevenção e cuidado da nossa saúde. Mas como? Conheça abaixo os 7 inimigos da saúde do coração:

1) Colesterol alto

Um alto índice de colesterol no organismo é prejudicial à saúde e pode dificultar o fluxo sanguíneo em órgãos fundamentais do corpo, como o coração e o cérebro. Nesses casos, o funcionamento dos órgãos pode acabar comprometido.

O colesterol conhecido como LDL (ou colesterol ruim) é uma das principais causas de doenças cardiovasculares, como o infarto e o AVC (acidente vascular cerebral), além de pressão alta.

Monitorar os níveis de colesterol e manter uma dieta equilibrada são algumas das formas de prevenção.

2) Hipertensão

A chamada “pressão alta”, quando não tratada, aumenta o risco de infarto, de AVC e de insuficiência cardíaca. Por isso, é importante medir a pressão arterial com regularidade, já que esta é uma doença que não apresenta sintomas em seus estágios iniciais. 

3) Cigarro

O cigarro é um dos principais inimigos da saúde, sendo o responsável por, pelo menos, 50 doenças. Na saúde cardiovascular não seria diferente: o consumo do tabaco está associado a doenças como a hipertensão, infarto, trombose, arritmias, AVC, entre outros.

4) Sedentarismo

Uma vida sedentária pode prejudicar a saúde de diferentes formas: o sedentarismo aumenta os riscos de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes tipo 2, depressão e alguns tipos de câncer.
Estimativas apontam que 80% da população é sedentária. As diretrizes da Organização Mundial de Saúde recomendam de 150 a 300 minutos de atividade física por semana.

5) Obesidade

A obesidade é um dos fatores mais graves quando falamos do coração e doenças cardiovasculares. Os riscos ocorrem, principalmente, quando a condição está associada ao sedentarismo e a uma alimentação rica em gorduras saturadas.

6) Álcool em excesso

Quando consumido em excesso, o álcool se torna um problema para o coração, aumentando os riscos de problemas cardiovasculares, inclusive em pessoas sem qualquer histórico de doenças. Para manter uma boa saúde, beba com moderação.

7) Diabetes sem controle

A diabetes tipo 2 é um dos principais fatores de risco para doenças cardiovasculares. Além disso, aumenta os riscos de outras patologias que já citamos acima, como colesterol e hipertensão. 
Dados do Ministério da Saúde indicam que o Brasil é o quarto país com maior número de diabéticos do mundo. Manter o nível de açúcar no sangue controlado é a melhor forma de prevenir complicações. Observe, principalmente, a presença de histórico na família ou outros fatores de risco. 

Sobre o Doutor Coração

Doutor Coração é um serviço que reúne os melhores especialistas da área cardiológica em Porto Alegre.
Localizado no Hospital São Francisco da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre e coordenado pelo Dr. Fernando Lucchese, este é um centro de referência no país, com serviços pioneiros e tecnologia de ponta para tratamentos de alta complexidade. Para mais informações, entre em contato pelo telefone (51) 3214.8100.

As informações neste site possuem caráter informativo e não substituem a consulta com um médico.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on print
Print