Diminuir letra Aumentar letra
PRODUÇÃO CIENTÍFICA

Resultados Hospitalares da Cirurgia cardíaca em octogenários: experiência de dois anos do Hospital São Francisco
José Dario Frota F°, Marcela Sales, Álvaro Rösler, Alex Mello, Eraldo Lucio, Paulo Leaes, Fernando Lucches

Fundamentos e introdução:

As doenças cardíacas apresentam prevalência maior em pacientes octogenários e o tratamento cirúrgico destas patologias possui risco adicional neste subgrupo específico de pacientes. Porém, os progressos da cirurgia cardiovascular, anestesia e circulação extracorpórea permitem, cada vez mais, que idosos tenham acesso à intervenção cirúrgica. Conseqüentemente, a conhecimento dos resultados cirúrgicos em nosso meio torna-se de fundamental importância.

Objetivos:

Avaliar o resultado hospitalar da cirurgia cardíaca em octogenários de forma geral e específica por procedimento.

Delineamento:

Série de casos.

Pacientes e métodos:

Entre janeiro de 2007 e dezembro de 2008, 46 octogenários foram submetidos à cirurgia cardíaca no Hospital São Francisco. Destes, 31 (67,3%) eram do sexo masculino e a média de idade foi de 82,7 anos (± 2,6 anos). O EuroSCORE foi aplicado em todos os pacientes e apresentou média geral de 10,1 (± 1,5) - mortalidade esperada de 20%. Foram realizadas 14 (30,4%) cirurgias de revascularização do miocárdio (CRM) isoladas e o EuroSCORE médio verificado neste grupo de pacientes foi 9,6 (± 1,5) – mortalidade esperada de 15%. A cirurgia valvar isolada foi realizada em 17 (36,9%) pacientes, nos quais o EuroSCORE médio foi 9,6 (± 1,3) – mortalidade esperada de 15%. Em 15 pacientes foi realizada CRM associada à cirurgia valvar, o EuroSCORE médio deste grupo foi 11,3 (± 1,3) – mortalidade esperada de 27%.


Resultados:

A mortalidade hospitalar observada no grupo submetido à CRM isolada foi de 14,2%, no grupo da cirurgia valvar isolada foi de 11,7%, no grupo da CRM associada à cirurgia valvar foi de 26,6% e no grupo geral foi de 17,3%.

Conclusões:

As taxas de mortalidade observadas foram compatíveis e até mesmo inferiores as taxas de mortalidade estimadas através do EuroSCORE. Além disso, as mesmas condizem com os dados publicados na literatura médica referentes a este grupo específico de pacientes.

Hospital São Francisco - Complexo Hospitalar Santa Casa, Porto Alegre, RS, BRASIL.

Protocolo: 16850

Veja mais PRODUÇÃO CIENTÍFICA:
  • Contatos
  • Hospital São Francisco
    Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre
  • Para
    Sistema Único de Saúde:

    (51) 32148292
  • Para
    Convênios e Particulares:

    (51) 32148119
    (51) 32271609
    (51) 32271604
  • Cardiologia Pediátrica:
    (51) 32148069 (Fone/Fax)
    hork@santacasa.tche.br
  • Direção Médica:
    (51) 32253019 (Fone/Fax)
    (51) 32148209
    lucchese@santacasa.tche.br
Copyright © - Doutor Coração - Clínica e Cirurgia do Coração - 2012 - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:
Gustavo Appel - Web Solutions 170web - Sistemas