Diminuir letra Aumentar letra
NOTÍCIAS

24/10/2017
Fazer sauna é bom para o coração

sauna.jpg

Crédito da imagem: Shutterstock

Um estudo realizado na Finlândia, país que soma mais de 3,3 milhões de saunas em seu território, afirma que o hábito pode reduzir o risco de pressão alta. Os pesquisadores chegaram a essa conclusão após acompanhar mais de 1,6 mil homens de meia-idade com pressão arterial normal por 22 anos.

Segundo os cientistas, aqueles que frequentaram a sauna de duas a três vezes na semana apresentaram um risco 24% menor de hipertensão, enquanto os homens que fizeram sauna entre quatro e sete vezes por semana tiveram risco 46% menor de sofrer com o problema.

Para o estudo, foram controlados os seguintes aspectos: o índice de massa corporal, consumo de álcool, frequência cardíaca em repouso, tabagismo, histórico familiar de hipertensão e outras variáveis.

Conforme o texto, a sauna funciona como um diurético natural e ajuda a promover a vasodilatação. Isso diminui a pressão nos vasos e faz com que o sangue circule melhor. Como consequência, o coração trabalha menos sobrecarregado.

A sauna promove, ainda, o relaxamento do corpo e da mente e reduz os níveis de estresse, um problema que também é associado a doenças cardíacas.

Os autores alertam, no entanto, para alguns cuidados fundamentais para garantir a segurança ao frequentar saunas, como manter-se hidratado e evitar o choque térmico ao sair do local.

Pessoas com problemas cardíacos não devem fazer uso sem orientação e acompanhamento médico. Consultar um especialista é necessário para saber o tempo de permanência e temperatura adequados ao estado de saúde. Caso contrário, o hábito pode inclusive fazer mal. A sauna também não substitui o tratamento convencional indicado pelo cardiologista.