Diminuir letra Aumentar letra
NOTÍCIAS

21/03/2016
Exercícios chineses podem melhorar a saúde cardiovascular

TaiChi.jpg

Crédito da imagem: Getty Images

Uma nova pesquisa publicada no Journal of the American Heart Association demonstra que a prática de exercícios tradicionais chineses podem contribuir para o bem-estar e melhorar as condições cardiovasculares de pacientes com pressão alta ou que sofreram AVC.

Conforme os autores do estudo, atividades como o Tai Chi apresentam baixíssimo risco e promovem intervenções úteis para muitas pessoas.

A equipe responsável pelo estudo analisou 35 publicações que envolveram 2.249 participantes de 10 países. Entre os pacientes com doença cardiovascular, os pesquisadores descobriram que a prática de exercicíos oriundos da China ajudou a reduzir a pressão arterial sistólica (a de número mais alto) em mais de 9,12 mm Hg, e a pressão arterial diastólica (número inferior) em mais de 5 mm Hg.

Eles também encontraram redução nos níveis do colesterol ruim e de triglicerídeos. O hábito também demonstrou efeitos benéficos na qualidade de vida e na melhora da depressão.

Ainda de acordo com os autores, os exercícios não apresentaram resultados significativos na frequência cardíaca, no nível de aptidão aeróbica ou na pontuação de questionário que avalia a saúde geral dos pacientes. 

O texto aponta, ainda, algumas limitações do estudo de revisão, como os diferentes critérios de inclusão dos participantes em cada pesquisa e os períodos de acompanhamento. 

A equipe planeja a realização de novos trabalhos para analisar de maneira mais profunda os efeitos dos diferentes tipos de exercícios tradicionais chineses sobre doenças crônicas.