Diminuir letra Aumentar letra
NOTÍCIAS

23/04/2018
Estudo britânico afirma que a solidão aumenta o risco de morte por infarto e AVC

solidao_0.jpg

Crédito da imagem: Internet

A conclusão é resultado de um questionário aplicado a 479 mil pessoas, que responderam sobre a percepção de estarem socialmente isoladas ou solitárias. Conforme os autores, viver só e conviver com poucas pessoas aumenta o risco de morte pós-infarto ou acidente vascular cerebral.

 

Segundo os pesquisadores, o que diferencia este estudo, realizado na Grã-Bretanha, é que nele o aspecto solidão foi isolado dos demais fatores de risco para complicações cardiovasculares, como estilo de vida pouco saudável, tabagismo, alimentação desequilibrada, falta de atividade física, saúde mental e pobreza. 

 

A análise permitiu que os pesquisadores concluíssem com propriedade que a solidão aumenta em 32% o risco de morte por infarto ou AVC.