Diminuir letra Aumentar letra
NOTÍCIAS

13/11/2017
Especialistas avaliam o impacto da meditação na saúde cardiovascular

meditacao.jpg

Crédito da imagem: Getty Images

De acordo com uma declaração da American Heart Association publicada na revista Circulation, os efeitos da meditação sobre a saúde vão além de relaxar a mente. O artigo explora os potenciais benefícios da prática e faz uma revisão sistemática dos dados existentes sobre meditação e risco cardiovascular.

O objetivo do estudo, segundo os autores, era observar se a meditação, prática segura e de baixo custo, poderia ter impactos positivos em pessoas com doenças do coração, a principal causa de morte de homens e mulheres no mundo.

Os especialistas afirmam que há evidências de que a meditação pode promover a saúde cardíaca e reduzir o risco cardiovascular. Estudos sugerem, por exemplo, que a prática pode ajudar a controlar a pressão arterial, auxiliar no abandono do tabagismo e reduzir o risco de mortalidade por doenças cardíacas. Algumas pesquisas também relacionaram a meditação a artérias mais saudáveis ??e à melhora no fluxo sanguíneo para o coração.  

No entanto, os efeitos da meditação sobre os desfechos cardiovasculares foram bastante modestos. Os especialistas explicam que a maioria dos estudos analisados eram pequenos e de curto seguimento clínico. Eles esclarecem, também, que o artigo considerou somente a meditação sentada, e desconsiderou atividades como Tai Chi Chuan e Yoga, que envolvem também atividade física.

Embora a associação entre meditação e saúde cardiovascular não esteja clara, os pesquisadores incentivam a realização de estudos amplos e de acompanhamento longo. Devido ao baixo custo e baixíssimo risco, eles consideram que a prática pode estar combinada a terapias estabelecidas e fazer parte de um estilo de vida saudável.