Diminuir letra Aumentar letra
NOTÍCIAS

28/04/2016
Endometriose aumenta o risco de doenças cardíacas em mulheres jovens

woman_check_up.jpg

Crédito da imagem: DepositPhotos

Uma condição que afeta os órgãos reprodutivos femininos triplica risco de complicações cardiovasculares em mulheres com menos de 40.

Conforme um estudo publicado na revista Circulation: Cardiovascular Quality and Outcomes, mulheres com endometriose, especialmente aquelas com menos de 40 anos, apresentam um risco elevado de doença cardíaca.

Conduzido pelos investigadores do Brigham and Women's Hospital e da Escola de Medicina de Harvard, nos Estados Unidos, é o primeiro a analisar a associação entre a doença arterial coronariana e a endometriose – caracterizada pelo crescimento do tecido que reveste o útero, o endométrio, fora do órgão.

Os pesquisadores analisaram os registros de 116.430 mulheres incluídas no Nurses' Health Study II. Após 20 anos de acompanhamento, 11.903 foram diagnosticadas com endometriose. 

O estudo apurou que, comparativamente com as mulheres sem endometriose, as mulheres com esta condição tinham um risco 1,35 maior de necessitar de cirurgia ou colocação de stents para abrir as artérias bloqueadas. Elas apresentavam também um risco 1,52 maior de sofrer um infarto e um risco 1,91 vezes maior de desenvolver angina. 

Os investigadores verificaram ainda que as mulheres com endometriose e menos de 40 anos eram três vezes mais propensas a sofrer um infarto, dor torácica e necessidade de tratamento das artérias bloqueadas.

O artigo alerta que os tratamentos cirúrgicos da endometriose, remoção do útero ou ovários, podem, em parte, aumentar o risco de doença cardíaca. A menopausa induzida por cirurgia antes da menopausa natural pode aumentar o risco de doença cardíaca, e isso pode ser mais evidente em mulheres mais jovens.

De acordo com os autores, é importante que mulheres com endometriose adotem hábitos de vida saudáveis para o coração, façam exames frequentes e estejam familiarizadas com os sintomas das doenças cardiovasculares.