Diminuir letra Aumentar letra
NOTÍCIAS

09/11/2017
Análise do coração de Chopin demonstra complicações cardíacas decorrentes da tuberculose

chopin.jpg

Frédéric Chopin daprès un portrait de P Schick, 1873 - Domínio Público

Uma investigação realizada há três anos e divulgada recentemente pela Academia de Ciências da Polônia afirma que o músico e compositor Frédéric Chopin morreu em decorrência de uma pericardite – inflamação do tecido cobre o coração – provocada pela tuberculose.

O coração de Chopin está conservado em um frasco com álcool na Igreja da Santa Cruz, em Varsóvia, há 170 anos. O artista nasceu em Zelazowa Wola, na Polônia, em 1810, e morreu em Paris aos 39 anos de idade. O atestado de óbito aponta a tuberculose como causa da morte.

Os pesquisadores explicam que o estudo foi feito com muito cuidado e sem abrir o frasco que armazena o coração. A análise mostrou um órgão muito maior do que o normal e coberto por substância esbranquiçada.

Além de buscar esclarecer aspectos da morte do principal artista da história da Polônia, venerado mundialmente, a pesquisa demonstra prejuízos da tuberculose que vão além do ataque aos pulmões, podendo comprometer órgãos como o coração, rins, sistema nervoso, intestinos e linfonodos.

Os resultados preliminares foram divulgados pela revista científica American Journal of Medicine e o artigo final deve ser publicado em fevereiro.